Indiferença

"O oposto do amor não é o ódio, mas a indiferença."

Sei que a maioria das pessoas são de boa índole, e que todas ficam indignadas quando veem uma covardia ou alguma atrocidade,
mas sinto que a quantidade de pessoas do bem é tão grande quanto a omissão que existe dentro delas quando se deparam com algo ruim. Quando você passa pela rua, e vê um homem batendo em sua mulher, e não faz nada pra que isso não aconteça, você está sendo conivente com tal situação. Ser conivente é ser cúmplice, é concordar com tal ato, é ver e fechar os olhos.
Quantas vezes durante o seu dia você vê um homem dormindo numa calçada, pedindo ajuda pra se alimentar e você nem se quer para pra pensar nisso ? Agora me responda: Você acha que todas aquelas pessoas que estão ali hoje, morando na rua, já nasceram ali, nessas condições de vida ? Todos nós passamos por diversas dificuldades, e grande parte das vezes não fazemos idéia de como iremos enfrentar isso. Todas aquelas pessoas que estão ali, possuem uma história. Conheço muitas histórias sobre essas pessoas que um dia tiveram tudo : Família, emprego, carro, filhos, casas. Mas cada pessoa tem em si motivos pra seguir em frente, e forças pra não desistir. E muitas vezes, quando não encontramos isso em nós mesmos, buscamos o amparo em outras coisas e pessoas.
Eu cresci vendo diversos casos como esses, de pessoas como eu e você, que um dia já se sentiram alguém, e hoje tudo o que possuem são um cobertor, e seus sonhos. Depois do que aconteceu comigo, eu resolvi ir mais a fundo, e me enganjar nisso. Decidi fazer parte daqueles que dão apoio, forcas pra que essas pessoas em condições de rua, possam se reerguer e se sentirem vivos outra vez.
Hoje, faço parte do Instituto Pro Amor (Instituto Brasileiro de Proteção e Amparo aos Moradores Ocultos na Rua), um projeto que nasceu no coração de pessoas como você e eu, que tem como objetivo resgatar pessoas que estão nas ruas. Muitas pessoas pensam que elas estão vivendo ali, à margem da sociedade, por opção. Mal sabem que dificuldades enfrentam para se estabelecer e se validarem no mercado de trabalho, para conseguirem um lar. O Pro Amor está aí pra dar apoio à essa gente que não faz idéia de como se reerguer, e se fortalecer.
Eu acredito que o nosso mundo está coberto de pessoas boas, que tem boca pra dizer o que pensa, mãos pra ajudar os que precisam, pés pra caminhar e seguir em frente, braços para acolher causas nobres e coração, para amar e respeitar nossos semelhantes.
Não seja indiferente, não concorde com o que há de errado nesse mundo. Gandhi disse que se quisermos mudar o mundo, seria necessário promover uma mudança em nós mesmos. Mude, faça em si uma mudança progressiva. Deixe de lado aquilo que te torna frio, perceba que aquele mesmo homem que está sentado a beira do caminho.. Poderia ser você.

“O que me assusta não são as ações e os gritos das pessoas más, mas a indiferênça e o silêncio das pessoas boas.” (Martin Luther King)

Boa noite amigos !

www.proamor.org 

Anúncios

14 comentários sobre “Indiferença

  1. Pro amor, por amor ao próximo, basta de violencia, de covardia! Vamos procurar sim, uma forma de ajudar as pessoas menos favorecidas, a maioria sem sonhos, sem perspectivas, sem casa, sem nada…

      1. Temos vivido isso intensamente,consigo ver mais claro,por meu trabalho.Agradeço a Deus por ter te dado a chance de estar conosco e de poder a seu modo,gritar,pedir,pra que isso acabe.Amor atrai Amor…Mariah

  2. Eu nem consegui ler tudo pois chego em casa e cuido de um anjo muito especial. Estou conhecendo o teu blog hoje e estou maravilhada! Nem te conheço pessoalmente mas tu sabes que sou tua fã! Quero que meu filho tenho honra, seja honesto, humano. O mundo precisa disto e as pessoas infelizmente não enxergam isto… Adorei teu blog! Quero sempre participar! grande abraço! Tua amiga do Sul! Fabi

    1. Os maiores e melhores ensinamentos que podemos dar e receber são dentro de casa.
      Mostrar ao seu filho o que realmente é o mundo lá fora, é torná – lo humano. Mostrar a ele que existem pessoas cheias de diferenças, pessoas boas e más, é mostrar que ele pode escolher o certo.
      Obrigado, volte sempre !

  3. Hoje Vitor, ouvi da presidente do grupo de voluntárias de um hospital em Santos, que os recursos que elas arrecadam servem para a compra de material de higiene pessoal de pacientes carentes e também para que possam vestir aqueles que falecem e (pasme!) não tem sequer uma roupa para serem sepultados! Nossa! Fiquei tão triste. Para os bebês que nascem mortos as voluntárias fazem umas camisolinhas brancas para que sirva tanto para meninos quanto para as meninas. Triste né? Aquilo me doeu tanto. Porque acho que todos tem o direito à dignidade tanto na vida como na morte. Já admirava o trabalho dessas mulheres (na sua maioria, senhoras), hoje, as admiro ainda mais. São pessoas assim, como elas, como você, que fazem a diferença nesse mundo tão louco de Deus. Ah! Um dia ainda serei voluntária. Depois te conto. Que DEUS CONTINUE TE ABENÇOANDO, sempre assim, com letras maiúsculas. bjo.
    Hoje chorei muito…:=(

  4. E eu, que andava sem paciência, pra tudo, sem motivação, sem nada…sei lá… me reconheci, me reencontrei… num trecho, num título, num texto…
    Muito obrigada Vitor! To amando tudo isso aqui! 🙂

  5. Parabéns pelo seu trabalho no Pro Amor
    A gente pode morar numa casa mais ou menos, numa rua mais ou menos, numa cidade mais ou menos, e até ter um governo mais ou menos.

    A gente pode dormir numa cama mais ou menos, comer um feijão mais ou menos, ter um transporte mais ou menos, e até ser obrigado a acreditar mais ou menos no futuro.

    A gente pode olhar em volta e sentir que tudo está mais ou menos…

    TUDO BEM!

    O que a gente não pode mesmo, nunca, de jeito nenhum…
    é amar mais ou menos, sonhar mais ou menos, ser amigo mais ou menos, namorar mais ou menos, ter fé mais ou menos, e acreditar mais ou menos.

    Senão a gente corre o risco de se tornar uma pessoa mais ou menos.
    Essa frase é de uma pessoa que eu admiro muito Chico Xavier eu queria compartilhar com você uma pessoa sábia com atitude e respeito.

  6. Uma causa que nunca será resolvida com nenhuma ajuda politica e governamental pois o lado humano e a politica são coisas que nós sabemos de tempos antigos que nunca se misturam infelizmente pela incoerencia existente, acho que se o Pro Amor fosse um programa imposto por pelo governo a nivel nacional como meta maior ajudar as pessoas carentes talvez seria somente uma maneira para arrecadar votos e depois ficaria por isso mesmo, triste realidade.
    Essas pessoas nao sao somente materialmente necessitadas mas psicologicamente necessitam de muito respeito e atencao, nao somente de um prato de comida, pois a dignidade e o orgulho que possam ter perdido devido a tal precaria situacao é algo que tem que ser trabalhado com muito amor para que se possa ter a alegria de se fazer um novo comeco.

    Eu nao moro no Brasil ha 10 anos , quando tinha mais ou menos sua idade vim para o Japao com um objetivo completamente diferente do que tenho hoje, moro em Tokyo no Japao, faco um parte de um centro de ajuda para moradores de rua aqui em Tokyo, as pessoas pensam que nao, exatamente como voce citou, poderia ser qualquer pessoa a estar na mesma situacao, vejo isso quando converso com alguns ex-moradores, esse nao e um problema definido por nacionalidade ou sexo, idade, as razoes sempre sao diversas.

    Eu a pouco tempo fiquei sabendo do que vc passou, por coincidencia achei um video no Youtube e me enterei do tinha acontecido por ai, pois nao acompanho muito as noticias dai.
    Vitor realmente uma nobre atitude, de um grande ser humano que deveria ser clonado por todo mundo rsrs.O que vc fez eh algo que ja foi ensinado a mais ou menos uns 2000 anos atras por Cristo, que bom que alguem botou em pratica mesmo depois de tanto tempo rsrsrs.
    Torço muito por voce, que todas as suas metas sejam realizadas com sucesso , o caminho é longo meu amigo.
    Grande abraço.

    PRO AMOR 素晴らしい!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s