Somos um Rio

Somos um Rio

Povo carioca, entendam: povão aqui não tem vez!!

Essa é a cidade dos grandes eventos, a cidade que coloca UPP na Zona Sul para segurança dos gringos e massacre dos Amarildos, maquiando o problema da segurança pública e jogando criminosos para áreas menos favorecidas. Uma cidade que recolhe moradores de rua da Zona Sul e joga em abrigos onde turistas não passarão perto. A cidade que está cada vez mais cara, fazendo com que os mais humildes tenham que se afastar do centro. Que não tem transporte público decente, porque prefeito, governador, deputados e empresários tem helicóptero.

A cidade na qual você leva seu filho recém-nascido ao hospital por causa de uma febre e ele tem o braço amputado porque deram café com leite na veia, demostrando o tamanho do caos na nossa saúde: andamos com medo de quem deveria nos proteger.

Hoje, mais uma vez o povo sente o descaso das autoridades, prejuízos enormes para pessoas que pouco tem, e adivinha o que será feito a respeito? Será que alguém receberá assistência? Será que haverá um planejamento para que esse tipo de coisa não aconteça mais?

A todo momento se fala da bela união Governo Federal, Estadual e Prefeitura. Realmente a união existe, mas existe para beneficiar quem? O povo?

Sei que com 23 anos de vida só vejo hospitais e escolas sendo fechados, uma Cidade da Música que não serve de nada, só para deixar algumas pessoas mais ricas, vejo um BRT que foi um investimento burro, mas que de burro não tem nada. Estádios padrão Fifa nós temos, sobre isso não posso falar nada. rs
Por que será?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s